terça-feira, maio 18

Tão longe, tão perto

Para um time que ocupa a última posição na tabela com um mísero ponto conquistado, até que o Atlanta Beat não fez feio na partida contra o Washington Freedom. Encarou o adversário de frente e teve chances cristalinas para marcar o primeiro gol jogando em seu novo estádio. Porém, como a fase não é das melhores, acabou amargando uma derrota por 2 a 0, a quinta consecutiva. Mesmo desfalcado de Homare Sawa e Lisa De Vanna, o Freedom teve uma atuação correta e marcou um gol em cada tempo, ambos com a participação de Abby Wambach. No primeiro, ela recebeu dentro da área e se enrolou com a bola, mas teve boa visão e tocou de calcanhar para Lene Mykjaland, que bateu firme no canto. No segundo, a centroavante grandalhona se abaixou e completou de cabeça o cruzamento de Sonia Bompastor. Além dos óbvios problemas de finalização e da defesa frágil, o Beat sentiu a ausência de Mami Yamaguchi e Tobin Heath no meio-de-campo. Para piorar a situação, McCall Zerboni se chocou de cabeça com Bompastor e teve que ser substituída logo no começo do jogo. Com isso, o setor ofensivo ficou limitado aos cruzamentos de Johanna Rasmussen pela esquerda e aos lances individuais de Ramona Bachmann.


AB: Brett Maron, Leigh Ann Robinson, Stacy Bishop, Kia McNeill, Katie Larkin, Angie Kerr, McCall Zerboni (Sophia Mundy), Amanda Cinalli (Monica Ocampo), Johanna Rasmussen, Shelley Thompson (Lauren Sesselmann), Ramona Bachmann
WF: Erin McLeod, Rebecca Moros (Alex Singer), Cat Whitehill, Nikki Marshall, Becky Sauerbrunn, Sarah Huffman, Allie Long, Jill Gilbeau (Beverly Goebel), Sonia Bompastor, Abby Wambach, Lene Mykjaland (Christie Welsh)
Público: 3.112


Com mais uma atuação pífia, o frustrante Chicago Red Stars foi derrotado em casa pelo Philadelphia Independence por 1 a 0, gol anotado por Joanna Lohman. Em sua segunda temporada, Emma Hayes ainda não conseguiu dar padrão ao time, que mais parece um bando em campo. Megan Rapinoe e Karen Carney seguem na mesma toada, jogam abertas pelos flancos e cruzam bolas para uma atacante de referência que não existe. Katie Chapman é esforçada e tenta armar o jogo pelo meio, mas não tem essa característica. Com uma função mais defensiva, Formiga toca para os lados e, de vez em quando, avança sem a menor convicção. No ataque, ninguém se entende: Casey Nogueira é lenta e tem como únicas armas o chute forte e uma certa habilidade; Cristiane fica paradona esperando a bola no pé. Aliás, alguém precisa avisar a Cristiane que ela não está mais disputando a Libertadores contra timecos bolivianos e peruanos, sobre os quais ela deita e rola. Diante de zagueiras altas, fortes e rápidas, ela não vai conseguir se criar apenas passando o pé em cima da bola. Na partida de estréia, ainda sob efeito da pré-temporada, ela se movimentou bastante e teve explosão para bater as defensoras, mas tudo indica que relaxou na parte física de lá pra cá. O filme dela já está queimado no mercado europeu, daqui a pouco o mesmo vai acontecer na WPS.
CRS: Jillian Loyden, Marian Dalmy, Kate Markgraf, Natalie Spilger (Ella Masar), Whitney Engen, Formiga, Katie Chapman, Megan Rapinoe (Kosovare Asllani), Karen Carney, Cristiane (Jessica McDonald), Casey Nogueira
PI: Karina LeBlanc, Heather Mitts, Allison Falk, Sara Larsson, Nikki Krzysik, Jen Buczkowski, Joanna Lohman, Lori Lindsey, Caroline Seger (Holmfridur Magnusdottir), Lianne Sanderson (Sarah Senty), Amy Rodriguez (Danesha Adams)
Público: 5.645


O Gold Pride viajou até Boston e, com dois gols de Marta, derrotou o Breakers por 2 a 1. Kelly Smith marcou para o time anfitrião. Foi a quinta vitória consecutiva do Gold Pride, feito até então inédito na WPS.
BB: Ashley Phillips, Alex Scott, Amy LePeilbet, Kasey Moore, Stephanie Cox, Leslie Osborne, Laura del Rio (Taryn Hemmings), Tiffany Weimer (Fabiana), Kristine Lilly, Kelly Smith (Jordan Angeli), Lauren Cheney
FCGP: Nicole Barnhart, Kristen Graczyk (Kandace Wilson), Candace Chapman, Rachel Buehler, Ali Riley, Carrie Dew, Becky Edwards, Solveig Gulbrandsen (Kiki Bosio), Marta, Tiffeny Milbrett (Kimberly Yokers), Christine Sinclair
Público: 5.283


O Saint Louis Athletica recebeu o Sky Blue e empatou por 2 a 2. O time da casa saiu na frente com Shannon Boxx cobrando um pênalti sofrido por Elaine. O Sky Blue virou com dois gols de Laura Kalmari, mas Eniola Aluko conseguiu arrancar o empate no final.
SLA: Hope Solo, Elaine, Tina Ellertson, Kendall Fletcher (Anita Asante), Elise Weber, Carolyn Blank, Tina DiMartino (Madelaine Edlund), Shannon Boxx, Lori Chalupny, Eniola Aluko, Lindsay Tarpley
SBFC: Karen Bardsley, India Trotter, Keeley Dowling, Brittany Taylor, Danielle Johnson, Yael Averbuch (Katie Schoepfer), Laura Kalmari, Rosana, Kacey White (Angela Salem), Kiersten Dallstream (Jessica Landstrom), Heather O'Reilly
Público: 2.346

48 comentários:

Daniel disse...

Venho deixar recado que as eliminatórias asiaticas vão ter transmissão.

Austrália X Vietinan

http://myp2p.eu/broadcast.php?matchid=76834&part=sports

China x Coreia do sul

http://myp2p.eu/broadcast.php?matchid=76811&part=sports

Marcelo T. disse...

Da série curiosidades do contador: hoje o blog foi visitado por uma pessoa que usa um Mac com sistema operacional em português e que está na cidadezinha de Pleasanton, próxima ao local onde o Gold Pride manda seus jogos. Humm...

Daniel disse...

Copa da Asia(eliminatorias pra Alemanha)

Grupo A

Austrália 2x0 Vietnã

China 0x0 Coreia do Sul

Rapaz se brincar a china morre na primeira fase.

Izabel disse...

blog sobre o fc gold pride: http://www.roarofthepride.blogspot.com/

Daniel disse...

Copa da Asia(eliminatorias pra Alemanha)

Grupo B

Coreia do Norte 3x0 Tailândia

Japão 8x0 Miamar

Gustavo disse...

O Japão vem forte. Pode até ter jogado contra um time fraco desta vez, mas a seleção japonesa tem obtido resultados surpreendentes e não é de hoje. Acho que já é possivel considerá-la (guardadas as devidas proporções) uma potência do esporte. Deixando fora EUA e Alemanha, é favorita contra qualquer outra esquadra.
Algo a ser refletido: Alguém já assistiu aos jogos da liga japonesa no Youtube? Têm a metade do mirrado público brasileiro mas elas não deixam de evoluir assim mesmo...

Daniel disse...

Não acredito nisso. 3x2 pra o Lyon nos penaltys(depois de 0x0 em 120 min). O Potsdam já tinha perdido duas penalidades. Era só mais um gol em duas cobranças e já era. Perde as duas. Aí depois deu elas , pra variar.Me desculpe o termo , mas que peidada cruel das francesas, pelo amor de qualquer Deus.

Daniel disse...

Estadio em Getafe Lotado, festa linda.
As francesas chorando. É pra chorar mesmo.

Maria disse...

Achei que as jogadoras do Lyon vacilaram, mas tá loco, essa goleira do Postdam deu uns 300 passos a frente em uma defesa.

Izabel disse...

abriu a votação para o All Star Game, jogadoras que escolhi:
Nicole Barnhart, Karen Bardsley, Amy LePeilbet, Holmfridur Magnusdottir, Ali Riley, Daphne Koster, Alex Scott, Rachel Buehler, Sonia Bompastor, Kelly Smith, Mami Yamaguchi, Laura Kalmari, Rosana, Shannon Boxx, Johanna Ramussen, Kosovare Asllani, Marta, Sinclair, Bachmann, Aluko, Wambach e Cristiane.

O jogo Eua- Alemanha vai ser que dia, qual o horario e qual canal do tvu???

Marcelo T. disse...

O jogo podia ter sido melhor, 120 minutos sem nenhum gol é brabo. Mas como o Potsdam teve as melhores chances, acho que acabou merecendo o título. Tinha certeza que a Elodie Thomis erraria o pênalti decisivo, essa não joga nada, só sabe correr e prender a bola. E pra quem cobrou a convocação da Simone, sem condições. Ela está muito pesada, só entrou na metade da prorrogação e ficou estacionada no círculo central.

Izabel, o jogo é sábado às 19h com transmissão da ESPN2.

Daniel disse...

Maria, sei que regra é regra em qualquer lugar, mas só vejo voltar penatlty porque goleiro se adiantya por aqui no Brasil
Já vi decisão de UCL masculina que o Dida só faltou dividir com o cobrador.
Mas não tem conversa, as francesas amarelaram impiedosamente, fez valar todos aqueles clichês, de "instabilidade latina" e "frieza germânica".
Aliás o titulo desse jogo é o oposto do titulo desse tópico. "Tão perto e tão longe".

Daniel disse...

Eu só peguei o finzinho da prorrogação. Quer dizer Marcelo que a simone tá sem condição? Pelo penalty tambem achei ela meio cheinha.
Aí a gente chega pede Formiga,irritantemente burocrata, Barbara banco de time meio de tabela da Suécia e a simone fora de forma. É , o que temos mesmo é a "selesantos".

Marcelo T. disse...

Pois é... Quanto ao jogo, infelizmente não posso dizer que você perdeu grande coisa. Boa atuação da Bajramaj e gostei de duas jogadoras do Lyon que não conhecia, a zagueira Renard e a meia Dickenmann.

Mozart Maragno disse...

Simone fez uma operação faz dois meses. Voltou só pela UEFA, mas ainda está longe das condições ideais. Passou até no SPORTV uma reportagem sobre isso. Vamos contextualizar.

Daniel disse...

Essa Dickenmann ainda joga bem, além de ser uma delicia? Nossa a mina é linda, vi nas cobranças de penaltys.
Uma pena termos acesso tão precário ao fut feminino europeu. Vi a Mitag perder penalty, ela que é uma baita centro-avante,daquelas que incomodam muito. Lyon é bem dizer a base da seleção francesa, tem a Necib , a Franco, a Thomis que joga nada.
Festa linda em Getafe, estadio cheio, isso é lindo.

Marcelo T. disse...

Minhas escolhas para o All Star:
Karen Bardsley, Erin McLeod; Amy LePeilbet, Allison Falk, Brittany Taylor, Daphne Koster, Alex Scott, Ali Riley; Shannon Boxx, Lori Lindsey, Laura Kalmari, Sonia Bompastor, Kelly Smith, Mami Yamaguchi, Lori Chalupny, Heather O'Reilly; Marta, Abby Wambach, Eniola Aluko, Christine Sinclair, Ramona Bachmann, Kelley O'Hara.

augusto disse...

Dificuldades muito grandes, de ordem financeira no St Louis athletica?
Ai,My god, eu nao quero um bis desse filme.

Daniel disse...

Copa da Asia(eliminatórias do mundial)

Coreia do Sul 1x3 Austrália
China 5x0 Vietnan

Daniel disse...

Eu sou cricri demais nisso de público. Não consigo admitir no "país do futebol feminino" públicos tão baixos.
Sei que pode parecer ridiculo minha comparação, quanto mais com o basquete nos EUA, mas vamos lá.
Tou aqui com dados de 2007 onde mostra a média de público da WNBA.

http://forum.hangarnet.com.br/index.php?showtopic=38398&mode=threaded&pid=800594

TÁ EU SEI QUE BASQUETE TÁ NO DNA DO AMERICANO E MESMO BASQUETE FEMININO ATRAI UMA PARCELA MUITO GRANDE DO PUBLICO MASCULINO COISA QUE NÃO ACONTECE COM O FUTEBOL FEMININO.
Pronto , sei de tudo isso, mas poxa um é disputado em Ginásios,ainda que enormes,gigantescos, MAS GINÁSIOS, contra estadios que nunca conseguem lotar sua capacidade ainda que pequenos, isso sim é a problemática.
Aí vejo esses jogos do Chicago, que a webcast foca sempre a arquibancada e mostra como é fortissima a penetração do futebol nesse universo teen americano. Mas esse público a gente já cansou de discutir aqui não dá camisa, não pode ser desprezado, mas é um publico extremamente volátil, depende da boa vontade dos pais pra liberarem dinheiro pra os ingressos, depende tambem destes pra ir ao estádio, ou seja vai um jogo e só vai outro daqui há um mês. Mas não é de hoje que o futebol feminino é esse fenômeno teen americano e aí vem outra questão que pode ser a a solucionática[/by Dadá Maravilha] da questão. Onde é que está então a americana média,de 20 a 30 anos, a trabalhadora, a universitaria que bateu sua bola na sua época teen, que não depende mais da mãe pra ir ao estadio nem pra pagar seus ingressos?
Até reformulei minhas ideias, antes achava que tinha que conseguir a fatia do publico masculino que vai a MLS, continuo achando que precisa tambem desse, mas mais do que nunca esse publico de mulher, com mais de 20 anos, independente e amante do futebol tem que ser resgatado pra já pra dentro dos estádios, porque assim não sendo não tem como pensar a longo prazo se as contas a pagar chega todo final de mês e a meta a atingir que era de 5 mil não foi atingida.

Marcelo T. disse...

Ah, como popularizar o futebol feminino, a eterna questão. E não sou eu que vou tentar encontrar uma resposta. :)
Na minha opinião, não faz sentido comparar a WNBA com a WPS, são situações distintas. A WNBA é disputada desde 1997 e teve tempo de sobra para se firmar como uma opção no mercado de entretenimento esportivo, e mesmo assim também enfrenta suas dificuldades: várias franquias faliram ou tiveram que mudar de cidade ao longo dos anos. E olha que é uma liga subsidiada pela milionária NBA.
Quanto a atrair o público masculino, sou cético. Todo mundo sabe que o americano médio gosta de basquete, beisebol, futebol americano, hóquei, automobilismo e sei lá mais o quê. Futebol aparece lá no fim da lista e futebol feminino vem mais atrás ainda. E como o interesse dessa minoria está na MLS e no futebol europeu, a fatia que poderia ser atraída pela WPS deve ser ínfima. O público feminino realmente poderia ser mais presente, mas pelo jeito ainda não possui o hábito de frequentar os estádios. Diante disso, o jeito é torcer para a WPS durar até essas teenagers que assistem os jogos virarem adultas. Ou então copiar o que é feito em Boston e Chicago, que costumam atrair um público decente na maioria dos jogos (imagine como seria se contassem com times vencedores).

Daniel disse...

O exemplo da WNBA foi pelo fato de serem disputadas em Ginásios, ainda que não seja qualquer ginasio, muitos são verdadeiros estadios cobertos. Ainda assim tem praticamente o dobro de público.
O estádio do Boston e do Chicago cabem muito mais , infelizmente ainda está sub-ocupado. Mas pelo menos estão cumprindo a meta dos 5 mil.
A questão que a principio vai depender muito da bilheteria, porque o contrato de TV não deve ser grandes coisas e ainda assim é um jogo só transmitidos e a venda de produtos licenciados vem a reboque da exposição.
___________________________________


Copa da Asia (eliminatórias asiaticas)

Japão 4x0 Tailândia

Coreia do Norte 2xo Mianmar

Jaão e Coreia do Norte classificados pras semifianis, como era de esperar, no outro grupo a Australia já está nas semifinais e a ultima vaga deverá ir pra China que joga Amanhã contra as australiana e precisa só de um empate.
_________________________________

Eita, a fase do Palmeiras está ruim até no feminino. As porquinhas foram goleadas pelo São Caetano por 5x1.
São caetano que é o time do corinthians do Ano passado, na verdade o time do Corinthians era o São caetano de hoje. Tá a turma todinha lá. Nildinha, Roseli, Luana, Barata. E semana que vem é São caetano x Santos. Jogo bom viu.
__________________________________

MyP2 e Roja Directa vão transmitir EUA x Alemanha. A partida será as 19:00h. Não precisa nem dizer que é imperdivel. Só Gostaria de saber se Mitag e Baramaj irão pra esse jogo. Acredito que não.

Yasmine disse...

Eu decidi torcer pro Atlanta antes do LA Sol acabar...pq o time parecia promissor, e eu não gosto desse negócio de hegemonia (o Sol antes dos playoffs no ano passado, que ganhava de quase todo mundo, é tanto que eu torcia pro Chicago)...mas desse jeito fica difícil.
E por falar em contador, seria possível colocar um pra todo mundo ver, Marcelo?

Marcelo T. disse...

Yasmine, pedido atendido. Coloquei aquele que exibe as últimas visitas.

Izabel disse...

Marcelo, sabe se tem algum link pra assistir o amistoso pelo tvu ou pelo justintv???

Daniel disse...

Roja Directa vai transmitir Izabel.

http://www.rojadirecta.com/

Bruna disse...

Tem que baixar um programa chamado veetle para poder ver o jogo.

Marcelo T. disse...

Izabel, no Veetle tem um canal transmitindo o sinal da ESPN2. Talvez apareça algum no Justin.tv, no TVU já acho pouco provável.

Yasmine disse...

Obrigada! ^^

Daniel disse...

As atacantes alemãs tão se posicionando muito mal. Tres bons ataques todos adiantados
Que diferença time que tem padrâo>

Daniel disse...

Perdi o primeiro gol, mas que pixotada cruel da Angerer. é idade chega, pra goleira demora mais um tempo mais chega.

Daniel disse...

As americanas são competentes, talentosas sem duvida alguma, isso é irrefutável. Mas não tem time no planeta pra achar mais gol que elas ,é impressionante. Pra ganhar delas precisa jogar os 150% porque se jogar os 100% corre o risco de ainda perder , porque sempre conseguem achar um gol, mesmo jogando menos que seu oponente.

Izabel disse...

que arbitra ruim!!! A Prinz está certa de reclamar...se fosse a Marta já teria partido pra cima...rs... marca penalti que não existiu e nao marca falta nenhuma, só a favor das americanas!!! Mto ruim esses arbitros dos eua... os da wps sao piores ainda!

Daniel disse...

Mas EUA tá jogando melhor. freguesia tá imperando.

Marcelo T. disse...

Hope Solo é brincadeira, que defesa.

Daniel disse...

3X0

Grings perdendo gols que não costuma perder.Freguesia, freguesia.
Só mesmo Kleiton Lima pra dobrar as americanas[/iludido]

Daniel disse...

4x0

Americans com frieza germânica.

Izabel disse...

se a Alemanha tá perdendo de 4-0 imagina de qto o Brasil não vai perder...desisto de ver esse jogo. A Pia é uma excelente técnica!! Quero uma Pia no Brasil!! ;(

Daniel disse...

PQP!!!

Solo tá catando demais.

Izabel disse...

hj tem Freedom vs seleção canadence... a Erin Mcleod vai jogar pelo Freedom e Karina Leblanc vai ser a goleira do canadá... Sinclair vai jogar tb...vai ser um jogo interessante, mesmo sem a Wambach a DeVanna

Izabel disse...

primeiro tempo e 3-1 pro freedom... será que o Brasil perderia tb???rs...

Izabel disse...

#Canada Starting XI: Leblanc, Nault, Chapman, Schmidt, Parker, Julien, Moscato, Sinclair, Belanger, Zurrer, Wilkenson about 2 hours ago via web

# Freedom starting XI: McLeod, Marshall, Moros, Sauerbrunn, Eveland, Goebel, Bompastor, Long, Huffman, Mykjaland, Welsh about 2 hours ago via web

Izabel disse...

jogo terminou empatado:3-3

Daniel disse...

Copa da Ásia(Eliminatoria da copa)


Grupo A
Japão 2x1 Coreia do Norte

Tailandia 2x0 Mianmar

Grupo B
China 1x0 Austrália

Coreia do sul 5x0 Vietnã

Semi-finais 27/05

Japão x Austrália

China x Coreia do Norte


Quem vencer carimba o passaporte pra Alemanha. A ultima vaga asistica fica para o vencedor da disputa de terceiro lugar.

Mozart Maragno disse...

As americanas usam a melhor máxima do futebol. O adversário tem que merecer o gol para fazer. Nada é de graça.

Só na semi do Mundial 2007 que tivemos um pouco isso, e o Brasil, naquela ocasião, era o melhor time do mundo.

Atualizei o blog, mas está meio desconfigurado.

Daniel disse...

Me tirem uma dúvida aí do sub-20. Essa Alana centroavante da sub-20aí que foi convocada é aquela alana que jogava com a bia na ferroviaria?
Pow essa guria barbarizava junto com a Bia. É que na epóca do sub-20 da colombia ela tava no são francisco do Conde , aí pensei que era outra alana.

Marcelo T. disse...

É a própria.

Bruna disse...

Red Stars procura novo técnico
http://www.womensprosoccer.com/Home/chicago/news/press_releases/100524-redstars-emma-hayes.aspx