segunda-feira, maio 4

Jogo bruto

Antes de mais nada, confesso que não aguento mais ver o Washington Freedom jogar. O Fox Soccer Channel poderia ter variado mais na hora de montar o calendário de transmissões. Sobre o jogo, os 15 minutos iniciais pertenceram ao Saint Louis Athletica e sua única arma ofensiva: os chutes de Daniela Alves. Nesse curto período, ela isolou uma bola, obrigou a goleira Spizak a fazer duas defesas (sendo uma difícil) e aproveitou um rebote para inaugurar o placar aos 7 minutos. Em desvantagem, o Freedom passou a explorar o espaço deixado por Francielle, improvisada na lateral direita, e retomou o controle das ações. Inverter o posicionamento de Francielle e Lori Chalupny foi o antídoto encontrado pelo técnico Jorge Barcellos. Abby Wambach não conseguia se impor no físico e o meio-campo não tinha organização, mas mesmo assim o Freedom arrancou o empate. Aos 29 minutos, Jill Gilbeau cruzou e a francesa Sonia Bompastor cabeceou no canto direito de Hope Solo. Aos 41 minutos, Daniela Alves fintou sua marcadora e soltou uma bomba de fora da área para recolocar o Saint Louis na frente. O 2º tempo foi disputado sob forte chuva. A inglesa Eniola Aluko, lançada em velocidade, ampliou a vantagem aos 24. Dez minutos depois, a australiana Lisa De Vanna diminuiu o prejuízo do time da casa ao marcar de cabeça. Na saída de bola, Wambach deu um carrinho violento e tirou Daniela Alves do jogo. O Athletica, que já tinha perdido a zagueira Tina Ellertson por contusão, não teve mais forças para segurar o resultado. Aos 44 minutos, Bompastor aproveitou uma falha da zaga para encobrir Hope Solo com uma cabeçada e garantir a igualdade no placar.
Cornetadas: Daniela Alves, que foi tema de debate nos comentários durante a semana, estava inspirada ao tentar suas habituais finalizações de longa distância. De resto, teve boa presença no meio-campo, facilitada pela marcação frouxa do Freedom, e errou alguns passes ao tentar enfeitar a jogada. A contusão no joelho pareceu séria e é possível que ela não jogue mais nesta temporada. Francielle não fez nada de significativo, achei um erro mantê-la em campo até o apito final, limitando Lori Chalupny a um papel defensivo. Aluko corre muito e pensa pouco, não foi à toa que o Athletica demorou tanto para marcar um gol. Hope Solo vinha tendo atuação segura, mas falhou no gol marcado por De Vanna. Kia McNeill distribuiu pancada a torto e a direito. Homare Sawa como volante é uma piada sem graça que o técnico do Freedom insiste em contar. Bompastor salvou a pátria novamente.
WF: Kati Jo Spisak, Jill Gilbeau, Becky Sauerbrunn, Cat Whitehill, Alex Singer, Lori Lindsey, Homare Sawa, Sonia Bompastor, Allie Long (Lisa De Vanna), Kristin DeDycker (Rebecca Moros), Abby Wambach
SLA: Hope Solo, Francielle, Tina Ellertson (Niki Cross), Kia McNeill, Elise Weber, Lisa Stoia, Angie Woznuk, Daniela Alves (Sheree Gray), Lori Chalupny, Melissa Tancredi (Kerri Hanks), Eniola Aluko

Público: 5.149

Outros resultados:
Kelly Smith brilhou e ajudou o Boston Breakers a acabar com a invencibilidade do Los Angeles Sol e da goleira Karina LeBlanc. A craque inglesa abriu o placar com apenas 2 minutos de jogo. Kristine Lilly ampliou aos 10 minutos do 2º tempo e Brittany Bock descontou para a equipe da Califórnia aos 18 minutos. Marta, bem vigiada, teve atuação discreta (acho que já ouvi isso antes). A jogadora mais famosa da liga sempre receberá marcação cerrada, cabe a ela saber fugir dessa armadilha.
BB: Kristin Luckinbill, Alex Scott, Amy LePeilbet, Sue Weber, Heather Mitts, Stacy Bishop, Angela Hucles, Kelly Smith, Kristine Lilly, Kelly Schmedes (Kasey Moore), Christine Latham (Amy Rodriguez)
LAS: Karina LeBlanc, Manya Makoski, Martina Franko, Brittany Bock, Stephanie Cox, Shannon Boxx, Camille Abily (Katie Larkin), Aya Miyama, Aly Wagner, Han Duan, Marta
Público: 8.031

Apesar do pênalti desperdiçado por Tiffany Weimer no 1º tempo (será que alguém na WPS sabe bater pênaltis?), o FC Gold Pride conseguiu se recuperar e derrotou o Sky Blue FC. O gol só veio aos 42 minutos do 2º tempo, no apagar das luzes, e foi anotado por Leigh Ann Robinson. E não é que a Adriane finalmente estreou na WPS? Acho que o técnico do Pride lê o meu humilde blog e resolveu provar que não jogou fora uma vaga de estrangeira. A Rosana, que não vinha atuando por motivo de contusão, também fez sua estréia na liga norte-americana.
FCGP: Nicole Barnhart, Kandace Wilson, Carrie Dew, Rachel Buehler, Kristen Graczyk, Leslie Osborne, Formiga, Tiffeny Milbrett (Eriko Arakawa), Tina DiMartino, Christine Sinclair (Leigh Ann Robinson), Tiffany Weimer (Adriane)
SBFC: Jenni Branam, Julianne Sitch, Anita Asante, Christie Rampone, Keeley Dowling, Collette McCallum (Natasha Kai), Kelly Parker, Meghan Schnur, Yael Averbuch (Kacey White), Sarah Walsh (Rosana), Heather O'Reilly
Público: 2.533

A classificação da WPS está assim:

14 comentários:

Daniel disse...

Se no futebol masculino o jogador que tem o bom chute de longa distância é primordial, no futebol feminino é crucial. Mesmo sendo uma jogadora de altos e baixos, Daniela não pode faltar em nenhuma seleção brasileira. Tem é que motiva-la a jogar na seleção de novo.

Kathleen disse...

A Daniela voltou a mostrar o seu futebol...e a estreia da Adriane "foi antes tarde do q nunca"...

Marcelo T. disse...

Não acredito que falte motivação a ela para jogar na seleção. Mas o técnico tem que saber explorar os pontos fortes dela (chute de fora) e evitar que ela tente fazer o que não sabe (armar o jogo).
Chegou a assistir a partida, Daniel?

Daniel disse...

Não deu Marcelo, estava em comemoração nas ruas pelo campeonato invicto do meu Corinthians, que por sinal no feminino mostrou o quanto de nefasto foi a atitude que tomaram em relaçao ao grupo passado .Levaram um baile das sereias da vila merecido.

Izabel disse...

alguém sabe se a contusao da Daniela foi séria msm?
estou torcendo para que nao seja nada grave....
queria mto assistir a partida Boston vs SOl no próximo final de semana... a Marta parece ser o tipo de mulher que não leva desaforo pra casa...então espero que venha goleada contra o Boston.... o ultimo...ou um dos ultimos jogos que ela jogou pelo Umea ela fez 4 gols contra o Arsenal...ex-time da Kelly Smith e Alex Scott e deu passe pra mais um... o jogo foi 6-0...goleada.....tem até o video no youtube...e eu acho que o Umea tinha perdido pro Arsenal no jogo anterior...

Marcelo T. disse...

Izabel, do jeito que a perna dela virou após o impacto, será uma surpresa se a contusão não for grave. Li que durante o atendimento ela chegou a perder a consciência em função da dor.
Pena que nenhuma das partidas entre LA e Boston pela fase classificatória terá transmissão; o responsável pela escolha dos jogos da TV é um verdadeiro gênio. Também espero que o Sol atue melhor neste fim de semana, visto que o campo do Breakers é horrível (marcação de futebol americano e grama artificial). Você tem acompanhado os jogos?

Mary disse...

É , a Daniela jogou bem e fez 2 gols (e o segundo foi um golaço). Fiquei feliz de ver uma brasileira fazendo bonito na WPS, mas continuo achando que ela pode (e deve) evoluir mais tecnicamente e encontrar o lugar dela em campo. E se continuar jogando assim, viro fã dela (aí eu paro de criticá-la e só vão ser elogios, rsrsrs..).
Feio de ver foi a entrada que a Wambach deu nela. E depois de uma entrada violenta daquelas e de, possivelmente, ter tirado a Daniela do campeonato, só levou um cartão amarelo. Se fosse ao contrário provavelmente a imprensa norte americana iria cair matando.

Izabel disse...

o dano da Daniela Alves foi mto sério...fraturou a tibia e tem dano nos dois joelhos... parece que nao tem previsao de voltar a jogar.... acho que pela extensao do dano, não vamos ter Dani nesse campeonato...que pena...acredito que ela seria a estrela do St Louis...mas vamos torcer que ela se recupere logo!!!
Marcelo, eu tentei ver o jogo, mas minha net é meio lenta...entao já viu...fica agarrando toda hora a imagem, mas pretendo resolver isso pra poder acompanhar os jogos.

Marcelo T. disse...

Izabel, a imagem do Justin.TV também estava travando para mim. Como a página é cheia de frescuras que custam para carregar e tiram a velocidade, resolvi acessar através deste endereço: http://en.justin.tv/xyyz/popout
Melhorou bastante. Testa aí, de repente também resolve o seu problema.

Izabel disse...

valeu pela dica marcelo...eu tentei tirar aquela sala de bate papo do lado....mas nao tinha conseguido... parece que aquilo que ajuda a travar...

Daniel disse...

Não foi a Wambach a criminosa e sm a Zagueira DeDycker.

http://justicadesportiva.uol.com.br/noticia.asp?id=9612

Marcelo T. disse...

A matéria está errada, a falta foi cometida pela Wambach.

Mary disse...

Sim sim, o vídeo deixa bem claro que a tesourada (que literalmente "cortou" a Daniela do campeonato), foi dada pela Wambach.
O pior de tudo é que ela não deve ser punida em nada, enquanto a Daniela, vai ter que ficar meses sem jogar. É um ABSURDO !

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e